CulturaMúsica

Scriabin e a Mente Sinestésica

Scriabin e a Mente Sinestésica

Sinestesia significa “simultaneidade dos sentidos”, ou seja, refere-se a percepções que emergem em um dos sentidos advindo por estímulo direto de um outro sentido. Por exemplo, uma pessoa sinestésica pode ouvir um som e imaginar uma cor, ou o vice-e-versa.

Trata-se de uma riqueza cognitiva sem igual, que já foi considerada uma desordem cerebral pela ciência , mas que já endendrou muitas obras de arte contundentes, como é o caso do Poema Sinfônico Prometheus, do compositor russo Alexander Scriabin (1872-1915) para a qual criou uma escala musical inédita baseada em suas percepções sinestésicas .

As notas musicais da escala diatônica, tais como na percepção de Scriabin, tinham as seguintes cores:

Dó – vermelho; Ré – amarelo; Mi- azul-céu; Fá-bordô; Sol-laranja; Lá-Verde; Si-Azul Claro.

As notas intermediárias da escala cromática eram distribuídas na mente de Scriabin conforme o seguinte gráfico:

teclado-scriabin

Em fevereiro de 2010, uma doutoranda chamada Anna Gawboy, da prestigiosa Universidade de Yale, nos EUA, realizou uma montagem do poema sinfônico Prometheo, de Scriabin, com projeções de luzes e cores em simultâneo à execução instrumental e coral da obra, tendo por base a partitura original do compositor, na tentativa de recriar suas intenções originais que incluíam as projeções das luzes e cores.

O resultado é, no mínimo, apoteótico – além de muito revelador do pensamento musical de Scriabin, pois com o auxílio da tecnologia de iluminação o resultado é potencializado.

Confiram no vídeo:

Este que vos fala também padece – ou é agraciado – pelo “gift” da sinestesia.

Compus em 2004 obra intitulada Trio Verde-Roxo-Laranjado e Cinza Escuro, para clarinete, flauta e violino explorei as notas musicais que a mim remetiam às cores do título, que foram a base de minha ideía formal, a partir de uma pintura que fiz. As notas são: Lá-verde (coincide com Scriabin) Sol (o grave do clarinete, coincide com o Roxo)-Mi (Laranjado)-Do# (cinza-escuro).

No meio da obra coloquei também uma obsessiva nota Ré na flauta, que em minha percepção é azul, mas achei que se colocasse no título também o azul ficaria muito grande.

A sinestesia pode ser ainda utilizada como um formidável recurso pedagógico, em especial para ensinar música às crianças, de maneira lúdica e divertida através das cores – além, é claro, de instigar-nos sempre a vontade de realizar muitos mais experimentos artísticos com cores e sons!

sinestesia

Tags
Ver mais

Redação Rádio MCI

A Rádio MCI tem como missão apresentar Música de qualidade, uma programação voltada para aquisição de Alta Cultura e a divulgação de informações relevantes para o público ouvinte, em especial assuntos que afetam diretamente nossas vidas no atual contexto sócio-político-cultural do Brasil, da América Latina e do Mundo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar
%d blogueiros gostam disto: