Dante MantovaniEleições 2018

Adélio Bispo e a sombra de Stálin

Como jornalista, acompanhei Jair Messias Bolsonaro por quase 10 cidades do interior paulista. Apesar do clima de grande alegria e euforia por onde quer que ele passasse, senti em todas essas localidades a sombria presença de Adélio Bispo. Em qualquer mínima brecha da segurança, ele – ou algum tipo similar – estava ali pronto para dar a facada, o que comentei duas semanas antes com a colega jornalista Tatiana Alvarez, que pode atestar.

Sentíamos o peso nos ombros da escolta, seu esforço sobre-humano para proteger o candidato e a nítida preocupação que pairava pelo ar. Não tenho dúvidas de que este atentado foi planejado com muita antecedência e a muitas mãos. Quem quiser entender como a esquerda planeja e executa este tipo de ato terrorista leia o livro “O homem que amava os cachorros”, do escritor cubano Leonardo Padurra.

O livro narra a trama, lenta operacionalização e execução do atentado que tirou a vida de Leon Trotsky, um dos líderes da revolução bolchevique de 1917, que foi eliminado por seu antigo comparsa Joseph Stálin devido a disputadas pelo poder de Estado na URSS.

A obra literária mostra meticulosamente como é o processo de cooptação, treinamento, lobotomização, operacionalização e execução de atentados contra líderes políticos considerados “inimigos da revolução”, matéria na qual o movimento comunista internacional é arqui-especialista.

No Brasil, há uma tremenda seara de partidos políticos de coloração ideológica pró-comunista, muitos dos quais, inclusive, a disputar as eleições de 2018. E todos esses partidos possuem um inimigo em comum: Jair Messias Bolsonaro.

Certamente, por serem comunistas, admiram e conhecem bem os métodos criados e difundidos a todo mundo pela antiga URSS.

Tags
Ver mais

Dante Mantovani

Dante Mantovani Maestro da Orquestra Jovem de Paraguaçu Paulista, Graduado em Música, Doutor em Estudos da Linguagem pela Universidade Estadual de Londrina, Formado em Regência Orquestral pela EFNL, da Espanha, é criador do Seminário de Música e Diretor do Festival de Música de Paraguaçu Paulista - SP desde sua fundação em 2017.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar
%d blogueiros gostam disto: