CulturaDavi ValukasEducaçãoJornalismoMídiaMovimento RevolucionárioNotíciasPalestrasPodcast Davi ValukasPolítica

Chuck Norris faz duras críticas à doutrinação esquerdista nas universidades dos Estados Unidos

O ator Chuck Norris, mundialmente conhecido por filmes de ação como Braddock e Texas Ranger, anda afastado das telonas. Ele tem se dedicado a uma fundação educacional voltada ao ensino de artes marciais a jovens carentes, além de dar palestras em eventos universitários como formaturas.

E foi em um desses eventos que Norris fez duras críticas ao status quo acadêmico de seu país. Segundo ele, ao invés de alimentar o livre pensamento, a academia se transformou em um “campo de concentração ideológico de esquerda”.

Eternizado em memes que brincam com seu estilo machão, Norris tem uma extensa lista de filmes que exaltam o espírito patriótico, a masculinidade, a virilidade, a coragem e todos os valores envoltos nesse universo. E é exatamente esses valores que o marxismo cultural visa destruir, sendo a educação e a grande mídia os veículos ideais a tal empreitada, já que são os canais formadores e mantenedores da opinião pública.

Se nos Estados Unidos o livre pensamento nas universidades foi coibido pela ideologia reinante, imagine no terceiro mundo tupiniquim! Aqui, já passamos do período de doutrinação ideológica já passou. Estamos na fase da imbecilização e da manipulação descarada das consciências e mentes!

Tags
Ver mais

Davi Valukas

Davi Samuel Valukas Lopes nasceu no dia 06 de setembro de 1985, na cidade de Araraquara, no interior paulista. Filho de um trombonista, começou os estudos musicais no saxofone em 1996 na Congregação Cristã no Brasil, onde toca até os dias de hoje. Tornou-se instrutor musical na mesma igreja no ano de 2002, até o ano de 2016. Estudou piano clássico por quatro anos e guitarra blues por um ano. Ministrou oficinas de musicalização de 2009 a 2012 pela Secretaria Municipal de Cultura de Araraquara. Foi um dos fundadores de um projeto de musicalização infantil na periferia da cidade, no Jd. das Hortências, chamado Família Afro Son. Trabalhou na composição e interpretação da trilha sonora de espetáculos de dança junto com outros músicos de Araraquara. Mudou-se para Uberlândia, no Triângulo Mineiro, em 2012. Na cidade, ministrou aulas de saxofone e teoria musical, tocou um ano e meio na Jazz Band Ladário Teixeira e atua desde 2016 na área de Treinamento e Educação Corporativa. Monarquista convicto, é co-fundador do Círculo Monárquico de Uberlândia. É graduado em Gestão de Recursos Humanos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar
%d blogueiros gostam disto: