Flávia BausoJornalismoNotícias

Facebook busca alternativa pra crise, mas não descarta perseguição aos usuários

Facebook cria funcionalidade que pedirá acesso a dados financeiros e reafirma seu propósito de perseguição aos usuários

Em tentativa de sair da crise em que se colocou, o Facebook quer criar um Facebank, pedindo acesso aos dados financeiros de seus usuários, visando angariar mais poder sobre as empresas e ao mesmo tempo se restabelecer. Mark Zuckerberg já se encontra em negociação com bancos americanos afim de obter acesso aos dados dos correntistas, como registros de uso de cartão de crédito e saldo nas contas.
Pelo que vemos da matéria que saiu na Veja, mesmo sendo acusado de ações de cunho político, o Facebook continua batendo fortemente na narrativa de acabar com o que chamam de “fake news”, eliminando a liberdade de expressão de seus usuários e censurando os que se expressam fora da caixinha do politicamente correto da esquerda, ou seja, um ataque declarado à direita.
Temos uma árdua batalha contra essa censura que estão nos aplicando, mas tanto o Facebook, que derrubou centenas de páginas e perfis de direita, assim como o Twitter, que além de também atacar perfis de direita, boicotaram tags ligadas a Jair Bolsonaro, como vimos claramente durante o debate de quinta-feira da Band, e o YouTube, que tira vídeos dos destaques, como já aconteceu com Diego Rox, e dá strike em canais como aconteceu com o Terça Livre, com esse posicionamento, tem seu tempo de vida contado, pois onde não há liberdade de expressão para o livre debate e formação de pensamentos e ideias, as pessoas acabam por perder o interesse.

Tags
Ver mais

Flávia Bauso

Jornalista, publicitária e locutora, ribeirão pretana.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar
%d blogueiros gostam disto: