JornalismoNotíciasPolítica

General Mourão se declara indígena ao TSE

Após a famosa declaração a respeito do complexo de vira-lata do povo brasileiro, proferida em evento no Rio Grande do Sul, o general da reserva Hamilton Mourão se autodeclarou indígena em seu pedido de registro de candidatura no TSE. Não apenas no registro da candidatura, mas na própria declaração, supostamente polêmica, o vice de Bolsonaro também se declara indígena. Segue a íntegra da declaração:

“Ainda existe o complexo de vira-lata aqui dentro do nosso país, infelizmente, e nós temos que superar isso. E está aí essa crise política, econômica e psicossocial. Nós temos uma herança cultural, uma herança que tem muita gente que gosta do privilégio. Então essa herança do privilégio é uma herança ibérica, temos uma certa herança da indolência que vem da cultura indígena – eu sou indígena, presidente, meu pai era amazonense. E a malandragem, Edson Rosa, nada contra, mas a malandragem é oriunda do africano. Então esse é o nosso cadinho cultural. Infelizmente gostamos de mártires, líderes populistas e dos macunaímas”.

Para desespero das ONGs e similares, o general Mourão, cuja aparência física indica claramente sua origem indígena, citou os lados negativos das três culturas que deram origem ao nosso país, e ainda se autodeclarou indígena em duas ocasiões.

Tags
Ver mais

Redação Rádio MCI

A Rádio MCI tem como missão apresentar Música de qualidade, uma programação voltada para aquisição de Alta Cultura e a divulgação de informações relevantes para o público ouvinte, em especial assuntos que afetam diretamente nossas vidas no atual contexto sócio-político-cultural do Brasil, da América Latina e do Mundo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar
%d blogueiros gostam disto: