JornalismoNotícias

Procurador mineiro contraria Conselho Federal de Psicologia

O mineiro Ailton Benedito, procurador da República, diz ter pontos de vista que são “discrepantes do lugar comum”, tornando-se uma voz polêmica dentro do Ministério Público Federal em Goiás, do qual é chefe. Em sua visão, “promotores públicos têm um viés de centro-esquerda”, enquanto ele diz ter uma “visão de mundo mais conservadora”. O procurador quer derrubar o veto do Conselho Federal de Psicologia a qualquer atitude de profissionais da área referindo-se a travestis e transexuais como doentes. O veto também proíbe a participação de psicólogos em “terapias de conversão, reversão, readequação ou reorientação de identidade de gênero”. Segundo Benedito, o veto viola o livre exercício da profissão de psicólogo, um direito fundamental previsto na Constituição. Segundo Benedito: “Acredito que existe um lobby transgênero em instituições da sociedade, sobretudo voltado à formulação de políticas públicas. Para mim, é inconcebível que, pelo fato de se declarar transgênero, uma pessoa possa usufruir de direitos em condição privilegiada.”

Fonte: BBC

Tags
Ver mais

Redação Rádio MCI

A Rádio MCI tem como missão apresentar Música de qualidade, uma programação voltada para aquisição de Alta Cultura e a divulgação de informações relevantes para o público ouvinte, em especial assuntos que afetam diretamente nossas vidas no atual contexto sócio-político-cultural do Brasil, da América Latina e do Mundo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar
%d blogueiros gostam disto: