JornalismoTate Anna ScaVídeos

RJ EXPLICA O FENÔMENO DA ONDA CONSERVADORA

  • Governador Luiz Fernando Pesão é levado preso hoje pela manhã.
  • Sergio Cabral foi condenado a mais de 170 anos de prisão.
  • Anthony Garotinho pediu até musica no Fantástico depois de ter a proeza de ser preso 3 vezes em um único ano.
  • Rosinha Matheus, mulher de Garotinho também foi presa em 2017.

Antes de Anthony, que conquistou seu mantado para o governo de 1999, o governador foi Marcelo Alencar, morto em 2014, acusado em 2006 de desviar mais de 7 milhões dos cofres públicos para seu publicitário, Duda Mendonça, marqueteiro que fez as campanhas de Lula em 2002, Paulo Maluf em 1992, Marta Suplicy em 2004, e do Ciro e Cid gomes em 2006 e foi acusado em 2005 no mensalão, absolvido, depois, em 2013 indiciado de desviar recursos do projeto Jampa Digital, para a campanha de Ricardo Coutinho (que foi condenado no começo deste ano por causa deste desvio), e depois em 2016 o marqueteiro voltou a ser investigado pela Lava Jato que acabou tendo pena amaciada por acordo de Delação Premiada.

De 1994 até 1995 quem governou o RJ foi o Nilo Batista, advogado de Lula, que era vice de Leonel Brizola neste mandato, 1990 – 1994, governou o RJ um ano após renuncia de Brizola para concorrer a presidência. Brizola em seu primeiro mandato como governador, em 1982 foi eleito entre outros absurdos pela proposta de combate a suposta violência policial, Brizola representava entre outras “entidades” corruptas, o Comando Vermelho, e mesmo depois de ser acusado abertamente de ter aberto as pernas do RJ para o tráfico foi eleito novamente em 1990.

Entre seus mandatos quem governou o RJ, em 1986 foi Moreira Franco, atual Ministro de Minas e Energia, ele junto de Temer e Padilha fazem parte de uma futura investigação que deve começar para valer ano que vem, quando eles perdem seus mandatos e foros, que refere-se ao caso dos 10 milhões da Oderbreth.

Não dá mesmo para entender?

Desde a redemocratização, ou seja, desde acabou a assustadoríssima “ditadura militar”, que de ditadura não teve nada, o Rio de Janeiro vem sendo engolido por corruptos e traficantes. E, apesar de aparentemente o Estado Maravilhoso ser o pior estado na nação brasileira, o RJ desenha exatamente o que ocorre como Brasil.

No rio o governador eleito foi Witzel, o cara que quer atirar com sniper em meliante de fuzil na rua. E para presidência, um conservador que colocou, até agora, 4 generais no seu governo.

Me surpreende que a mídia ainda não tenha entendido o que é e como surgiu essa onda que hoje já é um Tsunami, o conservadorismo.

A onda conservadora que começou tímida em 2013 a partir das mobilizações dos 20 centavos, o tiro no pé do catraca livre ( que, aliás, recebeu 2 milhões a partir da Lei Rouanet no governo Dilma), tomou corpo e foi se alimentando pouco-a-pouco conforme investigações como a Lava Jato e seus filhos durante estes 5 anos expuseram parte do esquema de corrupção no país todo, até se tornar o que é hoje: um tsunami. Tsunami que atingiu o brasil nesse segundo turno de forma orgânica, por que o povo inteiro deste país, simplesmente não aguenta mais viver neste estado de terror e empobrecimento.

É só isso. Nada mais.

Para encerrar fica a dica, já que comentamos aqui a respeito de Leonel Brizola, o livro 1964 – O Elo Perdido, abaixo a resenha que fiz da primeira parte do livro:

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar
%d blogueiros gostam disto: