NotíciasPolítica

Prédio que caiu no Largo do Paissandu não tinha segurança contra incêndio

Segundo documento de 2017, o edifício Wilton Paes de Almeida, de 24 andares, que caiu nesta terça (01), não tinha condições essenciais de segurança contra incêndio. Havia, no prédio, uma ocupação irregular cujos moradores relataram que o fogo começou por volta de 1h30, no quinto andar, alastrando-se rapidamente pela estrutura.

O relatório de 2017 indicava ausência de extintores, sistema de hidrantes inoperante, ausência de mangueiras contra incêndio, ausência de luzes de emergência e de sistema de alarme, instalações elétricas irregulares (fios sem isolamento e expostos, além de entrada de energia improvisada), elevadores inoperantes e fechados por tapume, ausência de corrimão nas escadas, acesso bloqueado ao sistema de para-raios (impedindo avaliação das instalações). De acordo com o documento, “Trata-se de uma edificação ocupada por movimento social, onde os equipamentos de prevenção e combate a incêndio, ou foram retirados ou estão inoperantes. As instalações elétricas não atendem às normas técnicas, tendo sido feitas uma série de improvisações”. Além dos fatos identificados pelo relatório, os moradores separavam suas moradias dentro do prédio com chapas de madeira compensada, o que provavelmente ajudou o incêndio a se alastrar.

Após a tragédia, a prefeitura de São Paulo afirmou que pretende vistoriar os 77 imóveis no centro de São Paulo ocupados por sem-teto.

De acordo com o site G1, a Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, no Largo do Paissandu, está recebendo doações para as famílias que viviam no prédio que desabou, e funcionários da Defesa Civil estão auxiliando a separar as doações. Além da Igreja, também é possível encaminhar doações para a Cruz Vermelha.

Ver mais

Redação Rádio MCI

A Rádio MCI tem como missão apresentar Música de qualidade, uma programação voltada para aquisição de Alta Cultura e a divulgação de informações relevantes para o público ouvinte, em especial assuntos que afetam diretamente nossas vidas no atual contexto sócio-político-cultural do Brasil, da América Latina e do Mundo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar
%d blogueiros gostam disto: