NotíciasPolítica

A incógnita Janaína Paschoal

Penúltima a discursar na convenção nacional do PSL, a advogada Janaína Paschoal, cotada para ser vice de Jair Bolsonaro em uma eventual chapa pura do partido, colocou panos quentes sobre a questão. A advogada disse, em seu discurso, que “não se ganha eleição com pensamento único. Não se governa uma nação com pensamento único. Os seguidores, muitas vezes, do deputado Jair Bolsonaro têm uma ânsia de ouvir um discurso inteiramente uniformizado. Pessoas só são aceitas quando pensam exatamente as mesmas coisas. Reflitam se não estamos fazendo o PT ao contrário”. Veículos de mídia apresentam o fato como tendo provocado mal estar dentro do partido, e mesmo militantes do próprio partido declararam ter sentido desconforto com o discurso.

Em parte, Paschoal tem razão. Por outro lado, para um nome sem nenhuma experiência política, ser candidata a vice do primeiro colocado nas pesquisas é um enorme salto em termos de visibilidade, em vez de arriscar uma eventual candidatura frustrada ao Congresso Nacional, ou de dar passos menores, como qualquer iniciante na política.

Tags
Ver mais

Redação Rádio MCI

A Rádio MCI tem como missão apresentar Música de qualidade, uma programação voltada para aquisição de Alta Cultura e a divulgação de informações relevantes para o público ouvinte, em especial assuntos que afetam diretamente nossas vidas no atual contexto sócio-político-cultural do Brasil, da América Latina e do Mundo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar
%d blogueiros gostam disto: