Eleições 2018Flávia BausoJornalismoNotíciasPolítica

A rede americana de fast-foods Burger King estaria apoiando o presidiário Lula e se colocando contra Bolsonaro?

Ao inserir o nome Bolsonaro ou outro nome referente ao candidato do PSL, a máquina de pedidos da rede de fast-foods americana Burger King mostra a seguinte mensagem:

“O nome ou termo digitado não é válido. Por favor, escreva novamente. O BK Brasil repudia todo e qualquer ato de discriminação racial, de gênero, classe social ou qualquer outro tipo. Nossa empresa preza pela igualdade e diversidade.”

No entanto, quando é inserido o nome petista Lula ou outras denominações referentes ao presidiário comunista, o pedido é executado normalmente.

Confira você mesmo e tire suas próprias conclusões:

 

Tags
Ver mais

Flávia Bauso

Jornalista, publicitária e locutora, ribeirão pretana.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar
%d blogueiros gostam disto: