Dante MantovaniEleições 2018

Delação de Palocci confirma como PT e PSDB sempre trabalharam juntos contra o Brasil

Nas página 2 e 3 da delação de Antônio Palocci na operação Lava-Jato divulgada esta semana pelo Juiz Sérgio Moro, o ex-braço direito de Lula e de sua facção admite que sempre foi objetivo do PT trabalhar em conjunto com o PSDB para a dilapidação do Brasil.

O auxiliar do presidiário Lula explica que dentro da facção petista havia duas sub-facções, uma das quais admitia explicitamente a aliança com o PSDB e outra que advogava uma dualidade de fachada entre as siglas, para a finalidade de enganar o eleitorado, fazendo-o crer que PSDB seria uma oposição ao PT.

A colaboração entre PT e PSDB começou em 1993 no chamado Pacto de Princeton, no qual sob os auspícios de George Soros e de seu pseudópodo denominado “Diálogo Inter-americano”, Lula e Fernando Henrique Cardoso assinaram este pacto com as elites globais para literalmente entregar o Brasil em troca de suporte financeiro e midiático para suas campanhas eleitorais.

Não é a toa que agora mais uma vez PT e PSDB explicitamente trabalham em conjunto para destruir a candidatura de Jair Bolsonaro, e por isso o mesmo Fernando Henrique Cardoso já advoga essa aliança entre PT e PSDB num eventual segundo turno, assim como o presidenciável do PSDB, Geraldo Alckmin, concentra todos seus ataques em Bolsonaro enquanto poupa o PT e Fernando Haddad, o poste de Lula.

Mais do que o PT, o PSDB é o grande derrotado destas eleições, pois finalmente o povo brasileiro em massa percebeu o teatrinho tosco entre as duas siglas.

Tags
Ver mais

Redação Rádio MCI

A Rádio MCI tem como missão apresentar Música de qualidade, uma programação voltada para aquisição de Alta Cultura e a divulgação de informações relevantes para o público ouvinte, em especial assuntos que afetam diretamente nossas vidas no atual contexto sócio-político-cultural do Brasil, da América Latina e do Mundo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar
%d blogueiros gostam disto: