Eleições 2018Política

Lula: O inventor tupiniquim

Nos tempos de Al Capone os mafiosos e criminosos usavam lavanderias como fachada para seus negócios ilegais. Daí vem o termo “lavagem de dinheiro”. Com o tempo as organizações criminosas foram aprimorando-se e inventaram novas formas de esconder suas verdadeiras atividades. O Partido dos Trabalhadores, o PT, por exemplo, avançou o antiquado e ultrapassado modelo do famoso mafioso italiano, trocando as velhas lavanderias pela nova aparência: o partido político.
Com essa nova forma de proteger suas atividades o partido fundado por Lula pode exercer uma imensa gama de delitos à vontade: extorsão, roubo, assassinatos, desvio de dinheiro público, lavagem de dinheiro, corrupção; tudo sob o manto purificador de estar trabalhando pelo Brasil, ajudando o povo ou combatendo os inimigos dos pobres.
Os críticos do Partido dos Trabalhadores que tanto falam que Lula é só um analfabeto ignorante são incapazes de reconhecer que é dele essa incrível inovação. Não é a toa que ele é admirado por bandidos de todos os lados como Nicolas Maduro, Evo Morales e inclusive recebe cartas de apoio e louvores das FARC. Tudo merecido, afinal ele é o nosso Thomas Edison, da picaretagem, mas é.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar
%d blogueiros gostam disto: